Auditoria de Qualidade: o que é e como fazer

Neste artigo você entenderá melhor sobre a Auditoria de Qualidade: o que é e como fazer.

 O que é auditoria?

Inicialmente é importante deixar claro o que é uma auditoria. Segundo a ISO 9000 de 2015, auditoria é um processo  sistemático, independente e documentado para obter evidência objetiva e avaliá-la objetivamente para determinar a extensão na qual os critérios de auditoria são atendidos. Sendo mais direto, podemos dizer que, que a auditoria é um processo para verificar se a organização (empresa) atende uma determinada norma que podem ser requisitos internos ou externos.

erpQuando se fala em exame sistemático, significa que segue uma rotina ou uma sistemática, ou seja, toda vez segue a mesma rotina. Por independente, entende-se que um auditor não pode se auditar ou auditar a própria área, ou seja, deve ser evitado qualquer conflito de interesse entre auditor e auditado. Por fim, quando fala em documentado, significa que devem ser mantidas evidências da realização da auditoria, tais como planos, listas de verificação e, o mais importante, relatório da auditoria.

A auditoria é realizada pelo auditor que é a pessoa competente para realizar uma auditoria. O auditor estar sempre buscando as famosas “evidências objetivas” (que são dados que apoiam a existência ou a veracidade de alguma coisa). Um auditor não pode fazer auditoria em qualquer norma. Ele precisa utilizar os critérios adequados, sendo que o principal critério é a norma de referência seguido dos documentos internos da empresa.

Como fazer auditoria de qualidade?

A auditoria em geral é guiada pela ISO 19011 e é um típico exemplo de PDCA. Seguem as seguintes fases: planejamento, preparação, execução, resultados e acompanhamento.

Planejamento:

Nesta etapa elabore o programa da auditoria e o plano da auditoria. O programa da auditoria pode ser comparado a um calendário de todas as auditorias que a empresa pretende realizar e o plano é o roteiro da auditoria com estabelecimento de horários, processos, auditores por áreas, auditor líder e etc.

Preparação:

Após o planejamento, realiza-se a preparação. Nesta etapa, os auditores devem entender o processo que auditará. Para isto, pode solicitar cópias dos documentos ou estudar os processos. Assim, terá mais informações para realizar uma auditoria mais completa. É nesta etapa também que será elaborada ou revisada a lista de verificação (famoso checklist). Não existe checklist padrão que possa ser usado por qualquer empresa. Este instrumento de trabalho deve ser cuidadosamente pensado e revisado (se precisar de um checklist na RDC 16/2013 pra iniciar o seu, use este AQUI).

Execução:

O dia da auditoria normalmente começa com uma reunião de abertura com os responsáveis pelas áreas que serão auditadas. Após a reunião, inicia-se o trabalho de campo: o auditor deve buscar as evidências. as evidências podem se materializar através de documentação, inspeções visuais e entrevistas. Ao encontrar uma não conformidade, o auditor deve informar ao auditado. A não conformidade pode ser assinada no momento da identificação ou ao final no relatório. É importante que se chegue a um consenso em relação a não conformidade. Caso não se chegue, convém que o auditor registre a discordância evitando maiores atritos ou mesmo perda de tempo. Além das conformidades (que também devem ser registradas no relatório), convém que o auditor ofereça a empresa sugestões de melhorias (chamadas de oportunidades de melhorias). Todas as informações (conformidades, não conformidades, oportunidades de melhorias) devem constar no relatório final da auditoria.kit

Resultados e acompanhamento:

Os resultados da auditoria devem ser apurados e as não conformidades abertas. Ao final da auditoria cabe ao auditor líder elaborar o relatório e conduzir a reunião de encerramento da auditoria. Na reunião são apresentadas as não conformidades e as sugestões. Eventuais questionamentos devem ser esclarecidos e o resultado geral na avaliação da equipe auditora deve ser relatado.

Dicas importantes…

  • Não transforme a auditoria em instrumento de tortura e ameça.
  • Não transforme não conformidades em advertência. Só existe não conformidades em sistema da qualidade que funcionam!
  • Evite embates pessoais durante a auditoria.
  • Faça treinamentos de reciclagem sempre (nós oferecemos vários, fale conosco se precisares comercial@qualidadenapratica.com.br)
  • Use auditores externos para acompanhar sua auditoria e para orientação prática (enriquece muito o trabalho). Oferecemos este serviço. 🙂

Bom pessoal! Espero que tenha ficado claro e que seja útil. Se tiverem alguma dúvida, entre em contato. Teremos prazer em tentar ajudar, sempre! Um excelente final de semana para você!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current day month ye@r *


Warning: include_once(sidebar-bg.gif): failed to open stream: No such file or directory in /home4/qnp/public_html/wp-content/themes/qnp/footer.php on line 1

Warning: include_once(): Failed opening 'sidebar-bg.gif' for inclusion (include_path='.:/opt/php54/lib/php') in /home4/qnp/public_html/wp-content/themes/qnp/footer.php on line 1