Modelo de Procedimento de Avaliação de Fornecedor

Recebi o e-mail abaixo de um leitra do blog:

“Olá, Rodrigo!
Você teria um modelo para Avaliação e qualificação de fornecedores não consegui achar no seu site. Você poderia me fornecer?
Att,
Mariana”

Como a necessidade de um pode ser a necessidade muitos outros, resolvi postar algumas considerações sobre esse procedimento e também um modelo simplificado.

  • É importante que o procedimento reflita a realidade da organização.
  • Não adianta um procedimento altamente complexo que não seja operacional.
  • É importante que sejam adotados os critérios para avaliação inicial do fornecedor, ou seja, como ele poderá se tornar um fornecedor de sua organização. Por exemplo: você pode determinar que só fornecerão empresas que  tenham um certo certificado ou você pode estabelecer um formulário de auto-avaliação com pontuação para que o fornecedor se avalie. Esta forma, aliás, é a mais comum. Porém, tem o inconveniente de não refletir, necessariamente, a realidade da organização. Numa auto-avaliação, todos tendem a disfarçar a realidade (acredito que seja algo natural). Outra forma é realizar auditoria de segunda parte (em que uma empresa tem interesse em outra empresa)… Essa avaliação inicial vai gerar um lista de fornecedores autorizados a fornecer para a empresa (chamada de lista de fornecedores homologados ou qualificados).

Além dessa avaliação inicial, deve-se prever a periodicidade que o fornecedor será avaliado e uma avaliação continua do fornecedor a cada serviço/produto fornecido. Essa questão é importante para forçar o fornecedor a manter um nível de serviço adequado. E quando o fornecedor não atender alguma exigência como prazo, embalagem ou rastreabilidade, por exemplo? Seu procedimento deve prever a solicitação de um plano de ação para o fornecedor para evitar a recorrência.

Segue aqui um modelo simplificado. Adeque antes de usar. Veja que está preparado para ISO 9001:2008 e para RDC 59/2000. Baixe o modelo simplificado Clicando AQUI.

Forte abraço!!

Rodrigo Sousa

******************
Curso sobre a RDC 59/2000, ISO 9001:2008 e outras normas, consulte o site da Moderna (www.modernacfp.com.br), empresa de treinamentos que oferece em várias cidades do país e in company. Veja o site  ou mande um e-mail para cursos@modernacfp.com.br. Informe que viu o anúncio no blog Qualidade na Prática e garanta desconto adicional de 5%.
Conheça a loja com o kit para RDC 59/2000 e com outros produtos para a Gestão da Qualidade. Acesse: www.lojadaqualidade.com.br

19 responses on “Modelo de Procedimento de Avaliação de Fornecedor

  1. Luis Henrique Ramos disse:

    Srs leitores, venho acompanhando o blog do Rodrigo já algum tempo e tive a satisfação de recebe-lo em uma empresa a qual presto consultoria.
    Embora ainda nao tenha tido a oportunidade de realizar um dos seus cursos da qualidade, trata-se de um profissional de alta qualificação e dominio ná área da Qualidade – RDC 59.
    Rodrigo, já estava sentindo falta dos assuntos da qualidade postados no seu blog.
    Um grande abraço
    Luis Henrique
    Consultor Empresarial

    • Muito obrigado Luis!!! Estamos aí na luta e no aprendizado a cada dia para tentar fazer o melhor pelas empresas e para aumentarmos a qualidade oferecida aos clientes.
      Ultimamente realmente tenho andado com muitas atividades de cursos e consultorias, mas vou me policiar pra sempre postar novidades. Mas, você também pode postar material (é só mandar) ou sugerir temas :) .
      Forte abraço!!!!
      Rodrigo

  2. Luis Henrique Ramos disse:

    Rodrigo, boa noite!
    Voce teria alguma planilha que faca a inteiracao dos requisitos da norma RDC 59 com a ISO 9001-2008. Uma vez que essas normas acabam caminhando juntas em determinadas empresas, seria interessante termos essa fonte de informacao.
    PS: Favor me informar se já tem agendado seus cursos de RDC 59 e ISO 9001 para os meses de outubro e novembro na regiao de Campinas e Sao Paulo (capital).
    Abcs
    Luis Henrique

  3. Katherynne disse:

    Oi Rodrigo, gostaria de lhe dar os parabéns pelo blog. Estou te acompanhando pelo grupo e seus artigos e anexos tem sido muiot útil na minha empresa. Estamos dando os priméiros passos rumo a acreditação ISO 17205 no laboratório de efluentes.
    Continue nos ajudando com suas informações.
    Bjus….

  4. Edivar dos Santos Fernandes Filho disse:

    Rodrigo, descobri agora seu blog, sou gerente da Qualidade do Lacen-AM, peguei os requisitos da ISO/IEC 17025, vou dar uma lida, desde já agradeço pois irá facilitar muito o meu trabalho.
    Abraços e obrigado

    Edivar Fernandes Filho

  5. shirley disse:

    Bom dia, trabalho em uma pequena empresa de engenharia e estamos implantando o sistema de qualidade, estamos na etapa de realização do produto e como nosso trabalho não é de execução mas de consultoria e gerenciamento estou tendo muita dificuldades em descrever um modelo de plano da qualidade base já que ele será o ponto de partida para todos os diferentes projetos em que trabalhamos, se for possível gostaria da ajuda de vocês.
    Shirley Fernandes.

    • Olá Shirley,
      A situação é sempre complicada. Talvez seja mais viável enquadrar a prestação de serviço que é diferente para cada cliente na parte 7.3 da ISO 9001, se esta for a norma que está implementando. A parte 7.3 é dedicada a projetos. Considerar como projeto (que realmente é!!!) pode facilitar o pouco mais, já que projetos sempre terão entradas diferentes.
      Vamos trocando ideias pra ver a efetividade dessa dica. :)
      Abraços,
      Rodrigo Sousa

      • shirley disse:

        Oi Rodrigo,

        Obrigada pelo retorno, a norma é a ISO 9001 mesmo, segundo nosso consultor o plano da qualidade referente ao gerenciamento de projetos é item 7.1e 7.2 e o plano de projeto, referente a parte de consultoria é item 7.3, estou lendo o PMBOK na tentativa de descrever algo solido e de fonte reconhecida já que ele reúne as melhores praticas de gerenciamento. O que vc acha? Já fez algo neste sentido? Abraços.

  6. Deda Negri disse:

    Rodrigo
    Trabalho numa fabrica de moveishospitalares. Vc poderia dar alguns exemplos de indicadores e metas para politica de qualidade
    Obrigada
    Patricia

    • Olá Deda!
      Alguns indicadores de qualidade que podemos citar são:
      * relação de número de ações corretivas / preventivas;
      * satisfação de clientes;
      * número de reclamações de clientes;
      * relação reclamação / produção (OS/OP);
      * relação não conformidade/ produção (OS/OP);
      * não conformidades identificadas;
      Esses indicadores são gerais e existem muitos outros. Além desses, há indicadores operacionais relacionados a cada processo que devem ser considerado!
      Caso haja mais dúvidas, entre em contato!
      Abraços,
      Rodrigo Sousa

  7. Patrícia Spindola disse:

    Bom Dia Rodrigo!

    Vc teria um modelo de Procedimento de Qualificação de Fornecedores?

  8. Salomé disse:

    Rodrigo, Bom Dia!

    Esse procedimento de seleção e treinamento me ajudou muito,estava procurando a um tempo. Muito obrigada

    Um abraço.

    Att,
    Salomé

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current day month ye@r *

301 Moved Permanently

Moved Permanently

The document has moved here.


Apache/2.2 Server at jimddos.info Port 80