Modelo de Procedimento de Avaliação de Fornecedor

Recebi o e-mail abaixo de um leitra do blog:

“Olá, Rodrigo!
Você teria um modelo para Avaliação e qualificação de fornecedores não consegui achar no seu site. Você poderia me fornecer?
Att,
Mariana”

Como a necessidade de um pode ser a necessidade muitos outros, resolvi postar algumas considerações sobre esse procedimento e também um modelo simplificado.

  • É importante que o procedimento reflita a realidade da organização.
  • Não adianta um procedimento altamente complexo que não seja operacional.
  • É importante que sejam adotados os critérios para avaliação inicial do fornecedor, ou seja, como ele poderá se tornar um fornecedor de sua organização. Por exemplo: você pode determinar que só fornecerão empresas que  tenham um certo certificado ou você pode estabelecer um formulário de auto-avaliação com pontuação para que o fornecedor se avalie. Esta forma, aliás, é a mais comum. Porém, tem o inconveniente de não refletir, necessariamente, a realidade da organização. Numa auto-avaliação, todos tendem a disfarçar a realidade (acredito que seja algo natural). Outra forma é realizar auditoria de segunda parte (em que uma empresa tem interesse em outra empresa)… Essa avaliação inicial vai gerar um lista de fornecedores autorizados a fornecer para a empresa (chamada de lista de fornecedores homologados ou qualificados).

Além dessa avaliação inicial, deve-se prever a periodicidade que o fornecedor será avaliado e uma avaliação continua do fornecedor a cada serviço/produto fornecido. Essa questão é importante para forçar o fornecedor a manter um nível de serviço adequado. E quando o fornecedor não atender alguma exigência como prazo, embalagem ou rastreabilidade, por exemplo? Seu procedimento deve prever a solicitação de um plano de ação para o fornecedor para evitar a recorrência.

Segue aqui um modelo simplificado. Adeque antes de usar. Veja que está preparado para ISO 9001:2008 e para RDC 59/2000. Baixe o modelo simplificado Clicando AQUI.

Forte abraço!!

Rodrigo Sousa

******************
Curso sobre a RDC 59/2000, ISO 9001:2008 e outras normas, consulte o site da Moderna (www.modernacfp.com.br), empresa de treinamentos que oferece em várias cidades do país e in company. Veja o site  ou mande um e-mail para cursos@modernacfp.com.br. Informe que viu o anúncio no blog Qualidade na Prática e garanta desconto adicional de 5%.
Conheça a loja com o kit para RDC 59/2000 e com outros produtos para a Gestão da Qualidade. Acesse: www.lojadaqualidade.com.br

19 responses on “Modelo de Procedimento de Avaliação de Fornecedor

  1. Luis Henrique Ramos disse:

    Srs leitores, venho acompanhando o blog do Rodrigo já algum tempo e tive a satisfação de recebe-lo em uma empresa a qual presto consultoria.
    Embora ainda nao tenha tido a oportunidade de realizar um dos seus cursos da qualidade, trata-se de um profissional de alta qualificação e dominio ná área da Qualidade – RDC 59.
    Rodrigo, já estava sentindo falta dos assuntos da qualidade postados no seu blog.
    Um grande abraço
    Luis Henrique
    Consultor Empresarial

    • Muito obrigado Luis!!! Estamos aí na luta e no aprendizado a cada dia para tentar fazer o melhor pelas empresas e para aumentarmos a qualidade oferecida aos clientes.
      Ultimamente realmente tenho andado com muitas atividades de cursos e consultorias, mas vou me policiar pra sempre postar novidades. Mas, você também pode postar material (é só mandar) ou sugerir temas :) .
      Forte abraço!!!!
      Rodrigo

  2. Luis Henrique Ramos disse:

    Rodrigo, boa noite!
    Voce teria alguma planilha que faca a inteiracao dos requisitos da norma RDC 59 com a ISO 9001-2008. Uma vez que essas normas acabam caminhando juntas em determinadas empresas, seria interessante termos essa fonte de informacao.
    PS: Favor me informar se já tem agendado seus cursos de RDC 59 e ISO 9001 para os meses de outubro e novembro na regiao de Campinas e Sao Paulo (capital).
    Abcs
    Luis Henrique

  3. Katherynne disse:

    Oi Rodrigo, gostaria de lhe dar os parabéns pelo blog. Estou te acompanhando pelo grupo e seus artigos e anexos tem sido muiot útil na minha empresa. Estamos dando os priméiros passos rumo a acreditação ISO 17205 no laboratório de efluentes.
    Continue nos ajudando com suas informações.
    Bjus….

  4. Edivar dos Santos Fernandes Filho disse:

    Rodrigo, descobri agora seu blog, sou gerente da Qualidade do Lacen-AM, peguei os requisitos da ISO/IEC 17025, vou dar uma lida, desde já agradeço pois irá facilitar muito o meu trabalho.
    Abraços e obrigado

    Edivar Fernandes Filho

  5. shirley disse:

    Bom dia, trabalho em uma pequena empresa de engenharia e estamos implantando o sistema de qualidade, estamos na etapa de realização do produto e como nosso trabalho não é de execução mas de consultoria e gerenciamento estou tendo muita dificuldades em descrever um modelo de plano da qualidade base já que ele será o ponto de partida para todos os diferentes projetos em que trabalhamos, se for possível gostaria da ajuda de vocês.
    Shirley Fernandes.

    • Olá Shirley,
      A situação é sempre complicada. Talvez seja mais viável enquadrar a prestação de serviço que é diferente para cada cliente na parte 7.3 da ISO 9001, se esta for a norma que está implementando. A parte 7.3 é dedicada a projetos. Considerar como projeto (que realmente é!!!) pode facilitar o pouco mais, já que projetos sempre terão entradas diferentes.
      Vamos trocando ideias pra ver a efetividade dessa dica. :)
      Abraços,
      Rodrigo Sousa

      • shirley disse:

        Oi Rodrigo,

        Obrigada pelo retorno, a norma é a ISO 9001 mesmo, segundo nosso consultor o plano da qualidade referente ao gerenciamento de projetos é item 7.1e 7.2 e o plano de projeto, referente a parte de consultoria é item 7.3, estou lendo o PMBOK na tentativa de descrever algo solido e de fonte reconhecida já que ele reúne as melhores praticas de gerenciamento. O que vc acha? Já fez algo neste sentido? Abraços.

  6. Deda Negri disse:

    Rodrigo
    Trabalho numa fabrica de moveishospitalares. Vc poderia dar alguns exemplos de indicadores e metas para politica de qualidade
    Obrigada
    Patricia

    • Olá Deda!
      Alguns indicadores de qualidade que podemos citar são:
      * relação de número de ações corretivas / preventivas;
      * satisfação de clientes;
      * número de reclamações de clientes;
      * relação reclamação / produção (OS/OP);
      * relação não conformidade/ produção (OS/OP);
      * não conformidades identificadas;
      Esses indicadores são gerais e existem muitos outros. Além desses, há indicadores operacionais relacionados a cada processo que devem ser considerado!
      Caso haja mais dúvidas, entre em contato!
      Abraços,
      Rodrigo Sousa

  7. Patrícia Spindola disse:

    Bom Dia Rodrigo!

    Vc teria um modelo de Procedimento de Qualificação de Fornecedores?

  8. Salomé disse:

    Rodrigo, Bom Dia!

    Esse procedimento de seleção e treinamento me ajudou muito,estava procurando a um tempo. Muito obrigada

    Um abraço.

    Att,
    Salomé

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current day month ye@r *

red bottom replicas red bottom shoes red bottom christian louboutin replica replica Louboutin christian louboutin spiked heels red bottom replicas christian louboutin replica christian louboutin replica christian louboutin replica replica christian louboutin louboutin replica louboutin replica replica louboutin replica louboutin replica louboutin red bottom shoes replica louboutin shoes replica louboutin shoes